"Voz do Povo! Bahia" no Youtube

Jovem é encontrada morta na mesma cratera onde foi resgatada há 18 dias



A jovem que havia sobrevivido a uma tentativa de feminicídio há 18 dias, foi encontrada morta, na tarde desta sexta-feira (20), em uma área rural de Porto Seguro. O corpo de Reisiele Costa Novais, 18 anos, foi localizado parcialmente enterrado em uma cratera de cerca de cinco metros.

O buraco, que fica na região de Pindorama, a cerca de oito quilômetros da BR-367, é o mesmo onde ela foi achada inconsciente e com vários ferimentos, no último dia 2 de janeiro. Na ocasião, a mulher relatou para a polícia que o autor do crime foi um ex-namorado, ainda não localizado pela polícia.

Segundo o Radar News, a vítima foi sequestrada por dois homens, em sua casa no bairro Vila Valdete, no início da madrugada desta sexta (20). 

Conforme testemunhas, um dos bandidos estava encapuzado. Reisiele dormia quando a dupla teria invadido a residência e a levou em um carro de cor escura.

Segundo a polícia, a jovem estava de pijama e teve pés e mãos amarrados. Ela ainda foi amordaçada com fita adesiva. Havia manchas de sangue na cabeça. O corpo foi removido pelos bombeiros.

A causa da morte pode ter sido asfixia, mas a polícia aguarda o resultado do exame de necropsia, que será realizado no IML de Porto Seguro.

A polícia suspeita que o ex-namorado, que havia tentado matá-la no início do ano, a levou de volta para o local da primeira tentativa, onde acabou consumando o feminicídio. O suspeito está sendo procurado.

FUGIA DO EX-NAMORADO – Em depoimento à polícia, um familiar disse que Reisiele retornou para Porto Seguro no último dia 31 de dezembro, depois de passar três meses em Belo Horizonte (MG). Ela teria viajado para a capital mineira depois de ser agredida pelo ex-namorado. Dois dias depois, foi espancada e jogada na mesma cratera, onde agora foi encontrada morta.

Comentários

COLUNA & Site: SILVANIA NASCIMENTO

Cotação do Dólar Hoje