Mulher é presa em flagrante após chamar funcionária de restaurante de ‘macaquinha’: Veja vídeo


Uma cliente de um restaurante foi presa em flagrante após ser acusada de injúria racial por chamar uma funcionária de "macaquinha". O caso aconteceu na noite do último domingo (18) em Botafogo, na Zona Sul do Rio. Um vídeo mostra o descontrole da mulher antes de ser detida.

De acordo com a vítima, ela e uma colega de trabalho estavam comendo durante uma pausa no expediente quando o ataque teve início. A mulher teria se aproximado delas e exigido que fosse servida.

“Nós estávamos em um balcão que divide o espaço com a cozinha. Ela se aproximou, disse que estava com fome e que era um absurdo estarmos comendo na frente dela”, contou Lizandra Souza, de 27 anos, em entrevista ao Globo.

Ainda de acordo com a vítima, as ofensas, inicialmente, foram contra sua colega. A mulher, identificada como Camila Berta, de 32 anos, teria chamado a moça de “sapatão”, se referindo de forma pejorativa à orientação sexual da trabalhadora. A atitude foi rebatida pelos demais funcionários. Em seguida, Camila teria chamado Lizandra de “macaquinha”.

O vídeo mostra o momento em que a mulher também ataca outras pessoas. Ao fundo, é possível ouvir os gritos de “racista”. Ao lado dela, aparece um amigo, que tenta apaziguar a situação.

Após a ocorrência, policiais foram chamados e Camila levada até uma delegacia, onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante, conforme artigo 140 do Código Penal. Ela pagou uma fiança de R$ 2 mil e foi liberada. O Globo procurou a mulher que afirmou que não comentaria o caso por orientação de advogados.

Veja vídeo:



Comentários

COLUNA & Site: SILVANIA NASCIMENTO

Cotação do Dólar Hoje