Jô Soares morre aos 84 anos

Foto: Reprodução

apresentador Jô Soares, morreu aos 84 anos, na madrugada desta sexta-feira (5), por volta das 2h da manhã. Ele estava internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, desde o final do mês passado, mas a causa da morte ainda não foi divulgada.

O velório e sepultamento do escritor será reservado apenas para familiares e amigos. Ainda não há informações de onde o corpo será velado.

José Eugênio Soares nasceu em 16 de janeiro de 1938, no Rio de Janeiro, filho do empresário paraibano Orlando Heitor Soares e de Mercedes Leal Soares. Se mudou com a família para Europa, aos 12 anos, onde pretendia seguir carreira diplomática.

Com a arte falando mais alto em sua vida, conseguiu ter uma carreira marcante e extensa como humorista, apresentador de televisão, escritor, diretor e ator. Sua estreia foi em “O Homem do Sputnik”, filme de Carlos manga de 1958.

Posteriormente, três anos depois, atuou em programas como “La Reuve Chic”, “Jô Show” e “A Família Trapo”, na TV Record, além de escrever o “Simonetti Show”.

Chegou na Globo em 1970, onde estrelou o “Faça Humor, Não Faça a Guerra”, programa substituído pelo Satiricom em 1973. Depois de trÊs anos, partitcipou como ator e redator, de “Planeta dos Homens” até 1981, quando começou a se dedicar ao próprio programa, “Viva o Gordo”.

O programa marcou a carreira do artista, onde popularizou personagens marcantes como Reizinho, Capitão Gay e Zé da Galera. Em 1987, trocou a Globo pelo SBT para apresentar um programa de entrevista, que era um dos seus maiores sonhos.

O “Jô Soares Onze e Meia” foi ao ar entre 1988 e 1999, com mais de seis mil entrevistas com grandes personalidades brasileiras e internacionais. Em 2000, o humorista retornou à Globo para o icônico “Programa do Jô”, encerrado em 2016.

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/vozdopovobahia

Siga o Tiktok do Voz do Povo Bahia e fique por dentro das novidades.

Comentários

COLUNA & BLOG: SILVANIA NASCIMENTO

"O EQUILÍBRIO DA CIÊNCIA É A INFORMAÇÃO"