Bahia registra recorde de mortes naturais em 2020, aponta IBGE

Foto: Reprodução

A nova pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira, 18, mostra que a Bahia registrou um aumento de 13% em óbitos em 2020 em relação a 2019, e em números absolutos atingiu recorde desde a série histórica em 1974.

Em 2019, foram 90.404 óbitos, enquanto em 2020 o número foi de 11.785. Deste total, 11,6% são aquelas consideradas mortes não naturais, como homicídios e acidentes.

A média geral no Brasil foi de um aumento de 14,9% do primeiro ano pós-pandemia com relação ao período anterior à doença. Ou seja, apesar do resultado negativo, a Bahia ainda registrou um crescimento proporcionalmente menor do que em outros estados do país.

Os maiores índices de aumento de óbitos são encontrados na região Norte, em estados como o Amazonas (32%), Pará (28%), Roraima (25,2%) e Rondônia (23%).

No país, tanto em percentual quanto em números absolutos, foi a maior alta desde 1984. O aumento percentual de óbitos entre os homens (16,7%) superou o das mulheres (12,7%). A maior parte dos óbitos foi na faixa dos 60 anos ou mais de idade. Para as idades abaixo de 20 anos, houve redução dos óbitos entre 2019 e 2020.


Comentários

COLUNA & Site: SILVANIA NASCIMENTO

Cotação do Dólar Hoje